Skip to content

.Net Standard. O que você precisa saber e o seu beneficio

.Net Standard não é um novo framework. É algo simples, mas muito valioso para qualquer framework da Microsoft onde requer compartilhamento de código.

Quem já trabalha há algum tempo com alguns framework de desenvolvimento da Microsoft, sabe que desenvolver um código que seja reutilizado para outra plataforma é algo complicado.

Isso por que cada plataforma, ou, “sabores”, da Microsoft tem o seu conjunto base de classes. Muitas vezes isso é repetido para outra plataforma conforme o desenho abaixo.

Alguém pode me dizer que existe o tal dos PCLs, Portable Class Libaries. Ao criar um projeto “core” do tipo portable é possível selecionar em quais frameworks serão rodados. Sim, isso funciona, mas tem problema.

Quando eu estou dizendo a um projeto em quais plataformas ele irá ser executado, eu estou fazendo um hardcore de frameworks. E caso um novo framework apareça, você não irá conseguir utilizar, já que o PCL não está ainda preparado para esse novo “sabor”.

Quando veio o .Net Core, maravilhoso e lindo novo framework da Microsoft cross-plataform, a Microsoft pensou e criou o .Net Standard. Ele não é um novo framework e sim um conjunto de interfaces que os frameworks devem implementar.

Ou seja, se o framework X e Y implementam aquela interface, significa que aquele código é aceitavam em qualquer uma das plataformas. Um novo framework apareceu, como é o caso do Xamarin, basta ele implementar essa interface e a coisa começa também a rodar.

Com o .Net Standard agora podemos ter projetos, Class Library, que tem como alvo o .Net Standard e esse projeto pode ser utilizado tanto por um .Net Core e um Xamarin. Não estou usando o PLC e sim o uso de interfaces. O PCL vai implantar uma versão para cada framework selecionado (Meio feio isso né? Também acho).

A regra é clara, ou melhor, a imagem é clara, abaixo é possível ver que agora não temos mais um grupo especifico de classes para cada framework.

.net standard
.net standard

Atualmente o .Net Standard está no 2.0 e o link a seguir https://blogs.msdn.microsoft.com/dotnet/2016/09/26/introducing-net-standard/ mostra as versões dos frameworks e suas implementações perante a versão do .Net Standard.

Conclusão

A Microsoft demorou mais acertou em criar .Net Standard. Agora não temos mais que escolher quais frameworks vamos utilizar naquele código. Tanto .Net Core quanto .Net Standard a partir de agora vão ser muito utilizados e irão facilitar a vida do desenvolvedor.

Obrigado pela sua leitura e espero ter ajudado. Até a próxima e fique com Deus.

Você gostou desse artigo? gostaria de saber mais sobre ASP.NET Core? Eu desenvolvi um curso na Udemy, preço camarada e com mais de 13h de curso. Acesse https://www.udemy.com/aspnet-core-aprendendo-do-zero-ao-avancado/

Published in.Net Core

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *